Cartão Material Escolar para as escolas públicas de Campo Grande

Após evento na Câmara Municipal de Campo Grande em maio, durante reunião que discutiu a implementação do Auxílio Educação, a Associação Brasileira dos Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares e de Escritório (ABFIAE) reforça os benefícios da implementação do Cartão Material Escolar (CME) como novo mecanismo de gestão de recursos públicos destinados aos estudantes do município.

O Auxílio Educação, projeto já aprovado em Campo Grande, tem por objetivo promover a aquisição de material escolar com o CME, substituindo os kits escolares entregues no início do ano letivo pelo município. As famílias poderão comprar os artigos nas papelarias cadastradas no programa, sem atrasos, contribuindo para o comércio local da cidade.

“Os benefícios são muitos: aumento da autoestima do aluno, acesso das famílias a materiais de boa qualidade, estimulo à geração e manutenção de empregos no comércio, nas micro e pequenas papelarias”, explica o presidente da ABFIAE, Rubens Passos.

Além disso, a função de débito do CME tornaria acessível a compra e reposição dos artigos mais utilizados em sala de aula, prática que facilita o controle do material durante o ano escolar.

“Outro enorme ganho deste modelo é a economia dos governos com a eliminação das licitações mal executadas ou fraudulentas. Defendemos que todos os estados e municípios adotem este modelo”, completa Passos.